Artigo: Como obter um passaporte

Artigo: Como obter um passaporte

 

 

Nas viagens para o exterior, a identidade e o CPF (Cadastro de Pessoa Física) serão substituídos pelo passaporte. Ele é sua identificação fora do país. Para tirar o passaporte, é preciso levar seu R.G. – carteira de identidade – ou certidão de nascimento, CPF, comprovante de residência, título de eleitor com o certificado dos dois últimos votos e duas fotos 5×7.  

 

Também são necessários a certidão de casamento, para os casados, e o certificado de reservista, para homens de 18 a 45 anos. Todos originais. Junto com esses documentos,   também deve ser apresentado um formulário  preenchido  de solicitação do passaporte, encontrado em papelarias. É preciso ainda pagar uma taxa (GAR/Funapo) de R$ 89,71 no Banco do Brasil – entregue o comprovante junto com os documentos citados. Quem tem passaporte vencido deve levá-lo também.

 

Com isso em mãos, basta ir aos postos da Polícia Federal. Em Natal, o posto central fica na Avenida Jerônimo Câmara, s/n.º – Lagoa Nova. O telefone é (0XX84) 3204-5500. Existe também um posto na Central do Cidadão do shopping Via Direta. No Rio de Janeiro, o principal posto fica na região central, na Rua Rodrigues Alves, 2. O telefone para informações é (0XX21) 2912142. De posse de seus documentos, despachantes podem tirar o documento, cobrando algo próximo de R$ 50,00.
O passaporte sai no dia seguinte.

 

Atenção: o novo Passaporte Comum do brasileiro, que passará a ser emitido neste ano, terá a cor azul, de acordo com o padrão estabelecido pelo Mercosul, e contará com 16 novos itens de segurança, que tornarão sua falsificação praticamente impossível. As mudanças seguem as normas internacionais de segurança estabelecidas pela organização de Aviação Civil Internacional (ICAO), agência ligada às Nações Unidas.

 

O atual passaporte brasileiro (verde), está sendo substituído pelo novo passaporte brasileiro (azul). O novo passaporte tem até 30 dias para ser emitido (diferente do antigo que era entregue no dia seguinte). Então, se não tem passaporte e pretende viajar, verifique o prazo para não perder ou remarcar a viagem.

Quem tem o passaporte verde válido, pode continuar usando.

Para mais informações sobre o novo passaporte, clique aqui.

 

          O requerimento de passaporte pode ser preenchido on-line, substituindo o formulário impresso obtido em papelarias ou nas Polícias Federais.

Para mais informações sobre obtenção de passaporte, clique aqui

 

           Perder passaporte fora do País é sinônimo de dor de cabeça. Portanto é aconselhável tirar uma cópia da página 2 do passaporte, que não substitui o original mas ajuda na solução de alguns problemas. Caso isso aconteça, procure rapidamente a embaixada ou o consulado do Brasil.

 

            Outro documento importante é o visto, que é anexado ao passaporte. Ele é exigido por alguns países, como Estados Unidos, México, Canadá, Japão, China, Índia, alguns da Europa Oriental e a maioria dos países da África e da Oceania. Já para os países do Mercosul e da Europa Ocidental, ele não é necessário. Providencie o visto e o passaporte bem antes da data do embarque.

 

            Para obter o visto, você terá de marcar uma entrevista na embaixada ou no consulado do país de destino. Cada nação tem um procedimento próprio para liberação do documento. A embaixada e os consulados dos Estados Unidos, por exemplo, pedem o passaporte, uma foto 5×7, o protocolo original de um imposto de renda, holerite, carteira de trabalho ou contrato social. Se for estudante, leve o comprovante de matrícula.

 

            Alguns países cobram taxas, que têm de ser pagas em bancos determinados por eles. Os Estados Unidos, por exemplo, cobram US$ 45,00 para encaminhar o processo (o visto pode ser recusado e o valor, a ser pago em qualquer agência do Citybank, não é reembolsado). O visto americano de turista tem validade de até 10 anos.

 

Veja o que é preciso fazer e quanto tempo leva para conseguir visto de entrada em dez países que ainda exigem visto.


Estados Unidos

 

O visto sai em dois dias. Em São Paulo, a entrevista precisa ser marcada
pelo (11) 3347-3130.

Validade 5 a 10 anos.

Taxa: US$ 45.

 

Despachantes podem encaminhar o pedido. Mas só quem nunca teve visto
recusado pode ser liberado da entrevista.

S. Paulo,  (11) 881-6511; Rio,  (21) 292-7117; Recife,  (81) 3421-2441;
Brasília,  (61) 3321-7272

Canadá

 

Recebe os pedidos pela manhã, de segunda a quinta, e entrega os visto no mesmo dia, à tarde

Validade: 6 meses

Taxa: R$ 100

 

São rigorosos com o propósito da viagem. Se você vai a negócios, não tente passar por turista.

S. Paulo,  (11) 253-4922

 

República Tcheca

 

Funciona só às 2ª, 4ª e 6ª de manhã. O visto demora de dois a três dias.
Validade: 6 meses

Taxa: R$ 32

 

Se você pagar uma taxa de urgência, o visto sai no mesmo dia.

 S. Paulo,  (11) 211-8997; Rio,  (21) 266-2033; Brasília,  (61) 242-7905

 

México

O formulário deve ser entregue pessoalmente, de manhã. O visto sai no dia
seguinte, à tarde

Validade: 3 meses

 

Taxa: US$ 28

 

Por causa da proximidade com os Estados Unidos, dificultam o acesso de possíveis imigrantes

S. Paulo  (11) 881-4921; Rio,  (21) 553-2059; Brasília,  (61) 244-1011

 

Índia

Os vistos saem em um dia

Validade: 6 meses

 

Taxa: R$ 55

 

O visto é puramente burocrático. Pode ser encaminhado por um office-boy
S. Paulo, (11) 3171-0340; Brasília,  (61) 248-4006

Egito


Os vistos saem em um dia

Validade 1 mês

Taxa: R$ 40

 

Pode ser providenciado por despachantes ou agências de viagem.

 Rio,  (21) 552-8995; Brasília,  (61) 323-8800

Japão


O visto deve ser pedido e retirado pessoalmente, ou por familiar próximo.

Sai em dois dias úteis

Validade 3 meses

Taxa: R$ 30


É um dos mais complicados. Exige até o roteiro da viagem


S. Paulo,  (11) 287-0100; Rio  (21) 265-5252; Brasília (61) 242-6866; Recife
(81) 224-1930; P. Alegre,  (51) 334-1299

Austrália

 

O visto é pedido por correio ao consulado de Brasília e chega à casa do
viajante duas semanas depois.


Validade: 1 ano.


Taxa: R$ 68 (mais despesas de correio).


É fácil, mas demorado. Não deixe para a última hora.

S. Paulo (só informações e retirada de formulário) (11) 829-6281
Brasília,  (61) 248-5569

Cuba


Atende das 9h30 às 12h30, de 2ª a 6ª. O visto fica pronto em 24 horas

Validade: 1 mês

Taxa: US$ 15

 

A agência que vender o pacote pode se encarregar do visto
S. Paulo,  (11) 3873-4537; Brasília,  (61) 248-4710;

Hungria


O visto sai em um dia.

Validade: 6 meses.

Taxa: US$ 40

 

Se pagar mais, pode conseguir o visto no mesmo dia S.Paulo,  (11) 5506-5011; Brasília,  (61) 443-0836.

 

Argentina, Chile e Países do MercoSul

 

Para os países do MercoSul, o passaporte não é obrigatório. Você pode entrar utilizando a sua carteira de identidade (RG) desde que esta, não tenha mais de 10 anos de expedição. Do contrário, tem que tirar uma nova.

O visto, você recebe na entrada do país.

 

 

Para tabela de todos os países e vistos, clique aqui

 

Fontes:          Departamento de Polícia Federal

                        Embaixada dos USA

 

Abs

 

Romulo Murdock

 

FORÇA SEMPRE

 

In God we trust!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s