De Volta à Argentina: Bariloche

         Olá viajantes, saudações!!!

 

         Estamos nos finalmente da nossa viagem, quase voltando para casa… Que saudade.

 

         Agora chegamos em San Carlos de Bariloche, ou simplesmente Bariloche a segunda cidade (creio eu) mais conhecida e visitada no território argentino.

 

         Todos conhecem ou já ouviram falar de Bariloche e das suas estações de esqui.

Bem, como fomos no verão, as estações de esqui estavam fechadas; logo, mostraremos a vocês uma outra Bariloche.

 

Vamos saber mais sobre Bariloche?

 

 


 

SAN CARLOS DE BARILOCHE

 

 

Com aprox. 150mil habitantes e banhada pelas águas límpidas do lago Nahuel Huapi, Bariloche encontra-se a oeste da província do Rio Negro, a 1640km de Buenos Aires.

 

Sobre a sua fundação, dentre as fontes pesquisadas, encontrei duas datas. 1895, data em que o general Roca conquistou a área, antes ocupada pelos índios mapuches; e 1902, quando imigrantes alemães ocuparam a região e começaram as construções de armazéns, casas, etc. Mas sobre o fundador, são unânimes: Carlos Wiederhold que usava o termo “Vuriloche” para se referir aos indígenas localizados a este da cordilheira. A deformação do termo deu origem ao nome da cidade.

O clima em Bariloche é ameno durante o verão com temperaturas entre 14ºC a 30º e entre 2ºC e -5ºC no inverno, quando neva freqüentemente.

 

As principais atrações em Bariloche são, naturalmente, os centros de esqui (destacando-se o Cerro Catedral), mas existem também fábricas de chocolate caseiro, grandes cafés, rafting, lagos azuis, museus e o parque nacional Nahuel Huapi

 

 

 


 

Vários viajantes dizem que, se for à Bariloche de ônibus, vá durante o dia. A paisagem impressiona.

Bem, nós não temos como confirmar isso, pois viajamos durante a noite, para economizar na hospedagem, mas que a região é muito bonita, não tenha dúvida.

 

         Descemos na rodoviária e colocamos nossa bagagem no bagageiro.

Em seguida, corremos para comprar a passagem para nosso próximo destino: Osorno.

 

         A cidade de Bariloche é muito bonita. As suas casinhas de madeira, junto com alguns prédios dão um toque todo especial à cidade.

  

 

Bariloche: Vista da Cidade

 

 

         Como já estávamos bastante cansados, devido à viagem e tudo mais, não aproveitamos tanto Bariloche como gostaríamos.

 

         Ficamos mesmo, rodando pela cidade, batendo perna e trocando os pesos chilenos pelos pesos argentinos.

 

         O que podemos dizer de Bariloche é que, como toda cidade que vive do turismo, as coisas não são tão baratas. Mesmo no verão (baixa estação em Bariloche), as refeições não são tão baratas quando na Argentina, mas se come bem com AP$ 20,00.

 

 

Beira Lago

 

 

         Já no inverno, segundo relatos de amigos, os preços pipocam, pois a cidade fica completamente lotada. Quem estiver planejando viajar à Bariloche no inverno, deve reservar sua estadia com antecedência; já no verão, não tem muito esse problema.

 

 

Parque Nacional Nahuel Huapi

 

 

         Quanto a hospedagem, não dormimos em Bariloche, devido ao tempo. Mas ao longo da Av. Bustilo, tem várias opções entre hotéis e cabanas (ideais para lua de mel) a beira do lago Nahuel Huapi, que dá um clima bem legal. No centro, há opções mais modestas.

 

M Bomba na Viagem: Vocês devem ter notado que no post anterior e neste, a família Murdock não aparece em quase ou nenhuma das fotos. Bem, isso foi devido a um pequeno problema elétrico. Os padrões de tomada da Argentina são diferentes do Brasil que são diferentes do Chile (vide foto). Daí, as pilhas da nossa máquina digital descarregaram e não tivemos como recarregar nesse trecho da viagem. Mesmo com dois carregadores e 04 pares de pilha, passamos por essa bomba.

 

 

Tomada padrão no Chile e Argentina

 

 

Na próxima sexta-feira:

 

Osorno – Chile

 

Abs

 

Rômulo Murdock

 

FORÇA SEMPRE

 

In God we trust!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s