Replanejando a Viagem

Hola amigos!!!

 

         Voltamos de Paine e fomos direto para a Puerto Natales, como relatei no nosso ultimo post.

 

         Chegando em Puerto Natales, nos vimos em uma situação em que teríamos que replanejar a viagem.

 

         Tínhamos planejado passar 05 dias no treking em TDP e, assim sendo, sem gastos com hospedagens e afins.

Como o trekking não deu certo, aliado aos custos da entrada e o transporte – que foram muito caros – boa parte da nossa reserva finaceira foi utilizada, e o restante da viagem ficou comprometido.

 

         Chegamos a um dilema e tivemos que replanejar a viagem.

 

De acordo com o nosso planejamento inicial, a próxima parada era El Calafate para visitar o Glacial Perito Moreno e de lá partir para El Chaltén, capital mundial do treking e um lugar muito lindo, ambos na Argentina.

 

 

Visao de El Chalten

Lago Desierto – El Chalten

 

 

         Estávamos muito perto de El Calafate, – cerca de 06 horas de ônibus – mas tínhamos um problema: se seguíssemos para Calafate e Chalten, quando terminássemos a visita, invariavelmente teríamos que voltar para Puerto Natales para fazer a conexão de ônibus para seguir para Puerto Montt. Ou seja, gastaríamos uma boa parte do dinheiro que tinha nos restado só de ônibus; e ainda estávamos no meio da viagem.

 

         Não tinha jeito. Tivemos que desistir de visitar o Glacial. Fazer treking em El Chalten, então, estava fora de cogitação, haja visto que o equipamento não tinha segurando o tranco.

 

 

Passeio de Barco – Perito Moreno

Glacial Perito Moreno

 

 

         Marta fica no hostel e lá vou eu para mais uma visita a Senatur.

Cheguei na hora do almoço, não tinha ninguém. Aproveitei para ficar tirando mais umas fotos da cidade.

 

 

 

 

 

 

         Voltei. A Senatur estava aberta. Quando entro, tem um casal de franceses. Aguardo a moça (só tinha uma), terminar de atendê-los.  Passam 10min… 15min…30min… perdi a paciência. A francesa era muito chata. Estava alugando a moça que estava para dar informações para todos e só fazia gritar. Pedi licença e solicitei auxílio da moça sobre ônibus para Puerto Montt.

 

         Pego os dados com a moça, não levei mais que 10min, e a francesa ainda estava lá… ô povinho chato! Os caras se acham!

 

         Fui a várias empresas e agências a procura de ônibus para Puerto Montt. Só encontrei em uma.

 

         Cheguei a pequena agência da Bus Sur,(Calle Baquedano, 558 – Puerto Natales – Chile)  que ficava na esquina da hospedaje em que estávamos hospedados.

 

         Sou atendido por uma chilena. Que me diz que tem vaga a partir de Punta Arenas; ou seja, teríamos que ir a Punta Arenas e fazer uma conexão para Puerto Montt.  Beleza. Tem vaga? Perguntei. Ela disse que o sistema estava fora do ar e que eu voltasse depois.

         As passagens custavam CP$ 33.000 cada um, sendo CP$ 3.000 o trecho Puerto Natales à Punta Arenas.

 

         Passei na hospedaje, peguei os dólares e saí para trocar.

 

Para minha sorte, a agencia de turismo que eu estava trocando os dólares, estava fechada. Digo sorte porque segui pela rua Arturo Pratt, até a esquina com a Av.Buines, onde encontrei um pequeno shopping (centro comercial para ser exato). E adivinha só? Dentre as lojinhas tinha uma casa de câmbio; oficial. Ou seja, praticava uma cotação mais justa dos que eu havia encontrado até então.

 

         Como não íamos mais para a Argentina, troquei dólar, peso, só não troquei real porque eles não queriam. Mas o que deu para aumentar a grana, eu fiz. A cotação estava US$ 1,00 è PC$ 515,00. Bem melhor do que eu estava trocando até então.

 

         Bem, com o dinheiro na mão, voltei para a agência.  A mesma senhora que me atendeu informa que o sistema ainda está fora do ar. Falo para ela que vou esperar e fico esperando…

 

         O que eu percebo, enquanto espero, é que outras pessoas vão sendo atendidas e eu fico sobrando… Aliás, só para constar, a chilena era muito parecida com a que tínhamos encontrado no refúgio Chileno: grossa como uma seqüóia.

 

         Outra atendente chega e vou me consultar com ela. Esta, educada, informa que o sistema estava, realmente fora do ar. Mas ligou para o escritório em Punta Arenas e faz a reserva para mim. O único inconveniente é que eu teria que pegar as passagens de Punta Arenas a Puerto Montt, quando chegasse em Punta Arenas.

 

         Ela me deu um recibo e as passagens até Punta Arenas, onde mudaríamos de ônibus para Puerto Montt.

 

         Chego na hospedaje e conto as novas para fofinha. Pegamos o mapa, as anotações e vamos fazendo as revisões para a nova etapa da viagem.

 

CDica para os viajantes: Se você esqueceu ou perdeu algum equipamento para a seu trekking, você pode alugar em Puerto Natales. Sacos de dormir, barracas, botas, casacos, tudo pode ser encontrado a preços módicos.

 

         De Punta Arenas a Puerto Montt são 31 horas de viagem. Fomos ao supermercado, para comprar aquelas baganas que comemos durante as viagens.

 

         Feito a feira, regada a muita ruffles e refrigerante, voltamos para a hospedaje. Arrumamos as coisas e vamos dormir.

 

         Acordamos as 05:00hs, pois o ônibus sairia as 06:00hs. Tomamos o desayuno (café da manhã) e seguimos para a garagem, onde o ônibus já estava esperando.

 

         Chegamos em Punta Arenas as 09:00hs, 03 horas depois de sairmos. Corro para a pegar as passagens para Puerto Montt; graças ao Pai, estavam lá.

 

         O ônibus para Puerto Montt, só sairia ao 12:00h. Deixamos as mochilas no escritório da agência e vamos dar mais uma volta pela cidade e bater mais algumas fotos.

 

 

CDica para os viajantes: Para quem esta subindo ou descendo, no sul do Chile, Punta Arenas é o principal ponto para seguir para outras regiões do Chile (Santiago, Osorno, Pucon, etc) Se você estiver em Punta Arenas e for seguir para Puerto Natales, compre as passagens de ida e volta, pois sai mais barato do que comprar os trechos individuais em cada cidade.

 

Meio dia. Chega o ônibus. Semi-leito, bem confortável. Na hora de colocar as nossas bagagens, o cobrador já vai implicando com os isolantes térmicos que estavam fora da mochila e diz que não pode despachar. Tenho que tirar os isolantes e subir com eles.

 

13:00hs. Todos estamos no ônibus, que segue lotado. Embora a grande maioria dos passageiros seja de viajantes, como nós, vejo casais chilenos e familiares se despedindo e correndo atrás do ônibus, chorando, já saudosos… Interessante essa tal saudade. Não escolhe nacionalidade, raça, cor ou credo.

 

         O ônibus tinha DVD e fones de ouvido individuais; além de travesseiros e cobertores. Nos acomodamos e nos preparamos para uma longa viagem.

 

No próximo post:

 

– Os chilenos já não me parecem mais tão simpáticos;

– A Chegada a Puerto Montt

 

Abraços a todos e até a próxima sexta-feira.

 

So lembrando: as fotos de Perito Moreno e de El Chalten tem carater meramente ilustrativo. Infelizmente, nao estivemos pessoalmente… mas ainda iremos.

 

Estou a disposição para duvidas de colegas viajantes

 

Rômulo Murdock

 

FORÇA SEMPRE

 

In God we trust!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s