Expedição Peru – Bolívia: Machu Picchu

Hola Amigos, buenas tardes!
Chegamos hoje de Machu Picchu, e temos muitas histórias para contar…
Mas confesso que estamos cansados para escrever, entao vamos enviar somente umas fotinhas, para vcs ficarem com o gostinho, ok?
Ok, tá legal, só um resumo para vcs entenderem o que estão vendo. rs*
Machu Picchu (Montanha Magica em Quechua) foi descoberta por um americano (sim, sempre eles) em 24 de julho de 1911.
É uma enorme cidade, um complexo Inca, encravado nas montanhas, a 2850m de altitude.
A visão impressiona.
O acesso é complicado até hoje, imagino na época dos Incas.
Um ônibus (usd 14,00 p/p) leva o viajante desde Águas Calientes (a cidade mais próxima de Machu Picchu) até a entrada do santuário, subindo a montanha, em uma “estrada” sem acostamento e sem muros de segurança.
Um cochilo e bau, bau.

Por vezes tivemos que dar ré (imaginem) porque outro busao ia descendo.
A subida eh toda em forma de “S”, dai vcs tiram como é…
A entrada em Machu Picchu eh outra facada: 124 soles (algo como 45 dólares) por pessoa.
Estudantes (ISIC) pagam meia.
Como falava do Acesso, os Incas sempre fizeram suas construções em lugares altos e rodeados de montanha. Perguntei ao guia o motivo e ele informou que o deus inti (sol) para eles era muito impòrtante. Então, quanto mais perto dele, melhor.
O que mais me impressionou foi a ponte Inca… Nao sei se dar para ver nas fotos, mas eles escupiram a montanha, de forma a fazer um caminho para Machu Picchu.
Eh impressionante (e bem perigoso) como eles fizeram isso, porque um escorrego, amigo, e xau e benção. Até hoje é assim, tanto que fui sozinho e deixei Marta na cidade… (Tomara que mamãe não leia essa parte).
Eu fiz umas fotos e uns filmes, depois mando para vcs.
Bom, depois que o coitado cruza a ponte (se conseguir), ele verá Machu Picchu.
O interessante, eh que o terreno é PLANO!!! Na base da montanha, o terreno é plano!
É logico que os Incas fizeram uma espécie de terraplenagem, porque não existe montanha com o topo assim… nunca!!!  Os caras foram os melhores engenheiros que ja conheci.
Ate sistema de água (aquedutos) subterrâneos ou não, os caras fizeram. Sim, alguns possuíam filtros… só vendo para crer.
Antes da entrada, ficava a casinha do guarda. Um posto de vigilancia no ponto mais alto antes da cidade.
A montanha atras de Machu Picchu (Wanna Picchu) tem a forma de uma cabeca, deitada.
De alguns angulos se vê. E lá de cima, se vê a forma de Machu Picchu (condor).
Bem, sobre Machu Picchu acho que já deu, né?
Em tres horas você conhece todo o complexo; e tome escada… rs*
Machu Picchu
Sobre nós, dormimos em Águas Calientes e voltamos hoje para Cuzco.
=================================================================
Rapaz, eu não dou sorte com taxista…
Acontece que ante-ontem, após comprar os tickets de trem para Machu Picchu, fiz uma corrida ate a rodoviária e depois para o hotel… o Caba veio me conbrar 15 soles, onde a corrida so tinha dado 6 soles…
Ok, assim fica difícil de entender, então uma breve explicação:Taxi aqui, tem de monte. Mas eles nao tem taximetro. Nós (estrangeiros) combinamos antes de entrar no carro ou, se o taxista for honesto, ele cobra a real do turista. Tipo assim, de um bairro a outro, custa x soles…
pois bem, peguei o taxi e fechei a corrida com o cara… ele queria me cobrar 15 e os caba do hotel ja tinham me avisado que era no máximo 6.
Paguei 10, com muita raiva.
Combinei com ele para nos pegar no hotel e nos deixar na estação de trem por 5 soles (sim, o  trem saia as 05:30, fiquei com receio de nao ter táxi e aqui nao há disk táxi).
Chegando na estacao o caba quis me cobrar 10 de novo, em uma corrida que era, no maximo, 03… Hora, nos ja estavamos dando 02 de gorjeta, o caba queria mais???!!!
Fiquei muito puto, veio, fiquei mesmo.
Se tem uma coisa que eu detesto é ser feito de idiota e ser explorado.
Acabei pagando, mas amaldiçoei o taxista ate a 10ª geracao (brincadeira, nao desejo o mal a ninguem, mas peguei a placa e farei uma reclamação, mesmo que nao adiante.).
Afora esses contratempos, hj pegamos um táxi da estação de Ollataytambo ate Cuzco.
Velho, fomos eu, fofinha e um casal de ingleses no taxi.
Nosso dia, definitivamente, nao era hj.
Curvas a 120 por hora (subindo a montanha) e ultrapassagens a 140, foi o que passamos. O cara é louco.
E nao adiantava reclamar.
Os ingleses, coitados, ja estavam transparentes, de tao brancos… Eu tentava ate puxar conversa, mas o assunto mesmo era o motorista… era um tal de shit! pra cá e um tal de what fuck…!!! prá lá… Mas sobrevivemos. O preço por essa viagem insólita (sim, ainda tivemos que pagar)? 15 soles por pessoa. Viagem de 50 minutos. Sinistro!!!
=================================================================
Eu sou da filosofia de que, quando viajamos, devemos sempre comer em um lugar diferente.
Sim, porque as vezes achamos que um lugar é bom e descobrimos que tem outro melhor ainda…
Foi o que aconteceu hoje.
Depois de algumas roubadas (como comer porco achando que era carneiro), encontramos “O Restaurante.” Limpo, organizado, seguro e com comida muito boa, e refigerante e cerveja gelada!!! Sim, aqui nao tem geladeira. Os caba toma tudo natural… Cerveja quente… eca!
Pena que foi no nosso ultimo dia aqui. kkkk…
Ah sim, uma ultima notícia: O povo de Cuzco invejou Currais Novos e colocou na entrada da cidade, uma estatua do Cristo Rei! Eh, amigos, Currais Novos está em todas!
Hoje a noite, quase manha aí no Brasil, estaremos deixando Cuzco e vamos em direção a Puno, para visitarmos o lago mais alto do mundo (Titicaca).
No mais a mais, o sorotche (mal da altitude) não nos pegou mais… Estamos super adaptados (até ter que subir uma escada, aí muda td. rs*)
Abs e ate Puno!!!
Familia Murdock
FORÇA SEMPRE

In God we trust!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s