Paris, dia 04

Paris, dia 04

Bonjour voyagers, ça vá?

Aqui foi um dia de preguiça. Acordei tarde, quase perdendo a hora ido café da manhã (petit-déjeuner). Mas estava nos planos; depois de ontem… Rsss

Na programação de hoje, conhecer a basílica de Sacre Couer (Sagrado Coração) que fica em uma região alta de Paris.
Ontem a noite, o que eu fiz? Estudei o mapa do metrô. Rsss uma hora aprendo. E, olhem só, deu certo. Isso porque ainda teve uma baldeação, heim? Tô ficando um hominho.😀

Chegando a Sacre Couer eu já fui me preparando psicologicamente para as tentativas de golpe que iriam tentar me aplicar. Só que o que eles não esperavam é que eu já tinha sido avisado do modus operandis (Valeu Lú).
Bom, para chegar à basílica vc tem duas opções: pegar uma espécie de elevador (mediante uma taxa módica) ou seguir pelos degraus.
Assim que cheguei já vi os tais golpistas da correntinha atacando um casal de otários. Coitados, só me restou fotografa-los e avisar vcs, assim como me avisaram.
Fui pelo outro lado da escada, mas eles cercam os dois lados e lá vieram eles para cima de mim.
Fiz a minha melhor cara de mal, levantei mão num movimento de Fique aí!
Funcionou🙂

Cheguei ao topo sem maiores problemas. E para minha sorte estava tendo uma missa. Assisti a missa, mas peguei o final. É legal mas tem umas partes diferentes. Por exemplo, na hora dos cânticos, puxado por freiras, em algumas partes da canção levantava, sentava, levantava novamente e se curvava. Eu só repeti os gestos.

Não é possível fotografar dentro da basílica, que é enorme e linda. Na verdade eu fiquei abasbacado com a construção, os detalhes, a cúpula… Gente, como é isso? Com tecnologia que eles tinham colocar as pedras encaixadas, sustentadas somente com arcos.
Olha, eu bem que poderia fazer arquitetura, pois esses detalhes me fascinam tanto…

Enfim, do lado de fora podia fotografar. Vejam a riqueza dos detalhes nas colunas e nas portas. Talhados 1 a 1. Incrível.

Quando já estava descendo vi outro golpe em ação: o da pesquisa escolar.
Funciona assim: uma reca de meninas chegam junto dizendo que estão fazendo uma pesquisa, etc e te cercam. Enquanto te distraem, as outras te limpam.
O casal sabia do golpe e tentava se desvencilhar, mas elas são muito insistentes.
Dessa vez pude ajudar pois encontrei a policia nas escadas e avisei a eles.

Pausa para o almoço, ali perto mesmo. Pedi um prato de filét com mostarda e fritas.
Na primeira garfada, o prato estava frio! Depois percebi que estava cru!!! Mas o pior é que estava gostoso. Bem temperado. Mas tava cru, pô.
Como uma infecção intestinal não está nos meus planos, eu não comi tudo; nem metade.

O bônus foi que enquanto almoçava começou a nevar!!! Neve em Paris!!! Caraca, muito massa.
Não era muito, nem ficou por muito tempo, mas valeu. Lindo demais!

Bucho cheio, vamos à próxima parada: Le Moulin Rouge.
Se eu disser o que tem nessa rua antes de chegar lá… Rsss. É mió não.
Blza, fotinhas tiradas, desço a rua até as Galerias Lafayete.

Assim que entrei tomei um susto. Uma galera de coisas escritas em mandarim, e era uma conversa em outro idioma, fonemas novos… Putz! Juro, quase não tinha ocidentais. Inclusive os vendedores.
Aí rolou uma coisa engraçada, só lembrei de Uirnny.
Comecei a olhar umas caixas de chocolate, que estavam em promoção, aí vem a chinesinha, tira o pacote da minha mão, mostra o preço e diz que está com desconto.
E fica olhando pra mim, com aquele olhar tipo: sim, e aí? Vai levar? Ou vai só ficar olhando?

Segui meu caminho olhando outras lojas. Muito pebinhas. Fotografei para ver se vcs conhecem.

Ah, tinha até uma tal de Chanel… Deve ser daquelas chinesas de 1,99, pois tinha até fila para entrar…
Nas como eu estava cansado de filas, me desculpem mas não entrei não, viu? Mas fotografei. Olha aí.

Ah, uma dica: as compras nas Galerias, a partir de 175 euros na mesma loja, no mesmo dia, vc tem direito a devolução do imposto – (tax fee) 10 ou 15% – que vc recebe na fatura do cartão.

A essa altura já eram 18hs. Procurei uma Lojinha mais em conta e fui à Fnac só para sacar os preços.
Pelo que vi, os preços são bem parecidos com os nossos. Por exemplo um X-box com kinect por 400 euros. O iPad 2 800 euros. iPhone 659 euros.
A propósito, tudo A Vista!!! Dividir, aqui, não rola não.

Quando nossa moeda se equiparar ao euro, aí sim, quem sabe.

É isso, viajantes!

Abs e até amanhã.

Ah, só para terminar…

Enquanto descia a rua procurando as Galerias, vi um prédio bonito, antiquíssimo, e fiquei curioso para saber o que era.
Aí vi um senhor e resolvi perguntar: por favor, o que é aquilo?
Ao qual ele responde: ces’t a bâtiment (é um prédio, turista idiota).
Aí eu repito (tento) em francês: a bâtiment.
Pra que… O véio já tava lá na frente, mas me ouviu repetir com uma pronuncia toda especial, se virou e falou em tom alto e irritadiço: A BÂTIMENT!!!

Ok, entendi, já não está mais aqui quem falou…😉

R.M.

In God we trust!

6 comentários sobre “Paris, dia 04

  1. Você poderia ter corrigido a pergunta para: “E o que funciona lá?” hehehe
    Mas esse véio deve está de saco cheio de turistas perguntando coisas óbvias todo dia! kkkk

    Ou ele é parente do seu Lunga..

    Depois explique melhor a história dos golpistas! Valeu!

  2. Caramba, Galado. Nós fomos na Sacre Cour e não vimos esses golpes não. Apenas algumas moças pedindo donativos para os cegos. Mas foi assim: nós dissemos que não tínhamos dinheiro e elas não nos “importunaram” mais.
    A propósito, tiramos duas fotos do interior da Basílica. Estão nessa postagem: http://turismoindependente.wordpress.com/2010/11/28/ferias-2010-15/
    Em qual restaurante você almoçou? Bella Italia? Pela foto parece ser o mesmo lugar onde almoçamos. Mas nosso prato estava quente e brem frito! rsrs
    Abraço e boas aventuras.

    • Rpz que sorte a de vcs, entao, viu?

      Mas eu li que eh muito comum.
      Igual a galera em Salvador, que fica no Elevadrr Lacerda, oferecendo correntes, artesanato, e fitinha para projeto de artesanato local.
      Osso!
      Sim, almocei ao lado do Bella Italia. NO Indiana Cafe. OU tentei, poruqe carne crua… mas tava gostoso

      Abs e obg!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s