Fernando de Noronha–Patrimônio da Humanidade

Olá amados leitores, saudações!

Como estão todos? Bem? Ah, que bom. Eu também estou.
Só demorando a escrever um pouco pois estou envolto nas programações da minha próxima viagem que, vejam só, pensei que seria uma das mais fáceis de programar mas na verdade está se mostrando bem complicadinha, mesmo com a imensidão de ferramentas disponíveis hoje na Internet.Mas vamos que vamos. A viagem começa pelo planejamento, não é mesmo?

Fernando de Noronha

Em homenagem aos meus queridos afilhados, hoje vou falar um pouco sobre um dos lugares mais lindos do mundo (segundo as revistas especializadas) e com a praia mais linda do Brasil (segundo enquete da Viagem e Turismo), Fernando de Noronha. E aí? Vamos dar um rolé por Noronha?

Escola História

Fundada em 10 de agosto de 1503, Fernando de Noronha é um arquipélago pertencente ao estado brasileiro de Pernambuco, formado por 21 ilhas de origem vulcânica, ocupando uma área de 26 km², situado no Oceano Atlântico, a nordeste da capital pernambucana, Recife. Constitui um Distrito estadual de Pernambuco desde 1988, quando deixou de ser um território federal, cuja sigla era FN, e a capital era Vila dos Remédios. É gerida por um administrador-geral designado pelo governo do estado. A ilha principal tem 17,017 km² e fica a 543 km da capital pernambucana.

O morro Dois Irmãos. Irmãos!!!

Como outras ilhas do Brasil, Fernando de Noronha foi local de detenção de condenados enviados a cumprir pena no presídio ali existente, que funcionou de 1737 a 1942, sendo que de 1938 em diante apenas para presos políticos do Estado Novo.

Após uma campanha liderada pelo ambientalista gaúcho José Truda Palazzo Jr., em 14 de outubro de 1988 a maior parte do arquipélago foi declarada Parque Nacional, com cerca de 11,270 ha, para a proteção das espécies endêmicas lá existentes e da área de concentração dos golfinhos rotadores (Stenella longirostris), que se reúnem diariamente na Baía dos Golfinhos – o lugar de observação mais regular da espécie em todo o planeta. O centro comercial em Noronha é Vila dos Remédios, mas não é considerada capital por ser a ilha um distrito estadual. A administração do parque nacional está atualmente a cargo do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).
Em 2001 Fernando de Noronha foi decretado Patrimônio Mundial da Unesco.

Depois disso, o resto é história.

Smiley sexy Turismo

Refúgio dos ricos (e não tão ricos) e famosos (e muitos anônimos), Fernando de Noronha é conhecida pelo seu enorme potencial turístico, especialmente os mergulhos com e sem cilindro. Na verdade costumo dizer que 90% da beleza de Noronha está debaixo d’água. Então imagine aí como não é lindo.

Agora não espere hotéis de rede e enormes resorts. Aliás, Noronha já é o resort, não é mesmo? A hospedagem, na maior parte da ilha, é na casa dos habitantes, que reformaram para receber os turistas. Até hoje nunca ouvi reclamações de quem se hospedou.

Há duas formas de chegar em Noronha: de avião ou em navio de cruzeiros, iates, barcos particulares.

Ilha com palmeira Explorando a Ilha

Em Noronha as atividades se dividem entre trilhas, turismo histórico e marítimo.
Entre as opções de trilhas, citamos – mas sem esgotar – a trilha do Leão: trilha feita por praias do lado do mar-de-fora até a praia do Leão, a preferida das tartarugas marinhas para desovarem; a Trilha Histórica: trilha que leva à Vila dos Remédios, conhecer o Sítio histórico composto por antigos casarios, igreja, forte e ruínas de antigos presídios; e a Trilha Golfinho: de onde se tem uma boa visão dos golfinhos roteadores.

Auto Se trilha não é o seu forte, você pode alugar um buggy e conhecer a ilha bem confortavelmente (só não vale beber e jogar o lixo por fora do carro, ok? Além de ser uma infração é extremamente deseducado). Polegar para baixo
Não é difícil alugar um buggy em Noronha, porém o preço não é lá dos melhores, então vá preparado. Smiley piscando

Ônibus escolar Se você prefere conhecer a ilha como os nativos e também tomar a sua gelada, saiba que Noronha tem taxi e transporte públicos. Então taí a solução para você beber a gelada tranquilo.

Ilha com palmeira Entre as opções de passeios náuticos, citamos – mas também sem esgotar – passeio de barco, que é uma espécie de ilha tour pelas principais praias e pontos de Noronha, finalizando com uma parada para banho praia do Sancho. Smiley nauseado Se você é sensível e tem medo de enjoar, cuidado pois este passeio o barco costuma balançar um pouco. Mas tome o dramin e vá simbora. Não perca o passeio por isso; o mergulho de reboque ou planasub, que é um mergulho apneia (livre) onde você está segurando uma prancha e rebocado pelo barco, em baixa velocidade. A prancha serve para te levar para cima ou para baixo, de acordo com o movimento dos seus braços. Em dias de mar calmo e limpo vale muito a pena; e, claro, o mergulho de batismo,  que é o mergulho com toda aquela parafernália que vemos em programas de tv. Cilindro, roupas de mergulhador, etc. O Mergulho de Batismo é um dos passeios mais caros da ilha, mas é justificado pois é voltado aqueles que nunca mergulharam antes, então vão acompanhados de um instrutor que fica o tempo todo ao lado do estreante e cuidando de todos os equipamentos, oxigênio, etc. É bem seguro e vale muito a pena. Como falei, a beleza de Noronha está embaixo d’água.
Apontando para cima Por se tratar de mergulho em profundidade, as empresas de mergulho fazem algumas recomendações. Se você fez cirurgia de ouvido, nariz ou garganta, correção de miopia, glaucoma, catarata, perto da data do mergulho consulte seu médico antes de viajar. Eu tinha feito uma cirurgia de correção de miopia há 7 meses e a restrição era para quem tivesse feito há 06 meses.

Cruzeiros para Noronha

Os cruzeiros para Noronha foram suspensos na temporada  2011/2012 foram liberados 2013/2014, mas ainda não vi informações para a temporada 2014/2015. Seu calendário vai, geralmente, de novembro a março e as vendas costumam esgotar já no início do ano, inclusive quando formos à Noronha, fomos de Navio.

Pesquisando rapidamente, li algumas matérias onde se fala dos impactos ambientais devido ao ao número de pessoas que estariam desembarcando em Noronha nesses cruzeiros ser até 3 vezes maior que o limite máximo diário de 700 pessoas.
Os impactos ambientais são proporcionais ao tamanho do cruzeiro e irreversíveis. Depois da vinda de um navio deste tamanho, a história só não se repetirá se for inviável economicamente”, afirma o doutor em Oceanografia, José Martins da Silva Júnior, Coordenador do Projeto Golfinho Rotador e Responsável pela Base Avançada do Centro Mamíferos Aquáticos / ICMBio em Fernando de Noronha”.

Segundo o oceanógrafo, os turistas de cruzeiros, por terem apenas um ou dois dias para conhecer a ilha, provocam uma sobrecarga instantânea no ecossistema local, já que se todos tendem a se concentrar em um mesmo lugar, ao mesmo tempo. “Dados do projeto da ONG indicam que os golfinhos-rotadores estão abandonando Fernanda de Noronha. Fato relacionado diretamente ao incremento do número de vindas dos cruzeiros”, afirma Silva Júnior.

O controle rigoroso da entrada em Fernando de Noronha deve-se ao fato de a ilha ser uma área bastante sensível a impactos, como afirma Roberto Mourão, Presidente do Instituto EcoBrasil, organização focada no turismo sustentável. “É diferente se um navio grande vem para uma cidade de porte considerável, como o Rio de Janeiro, que consegue absorver um turismo de massa, do que quando vem para uma ilha”, concorda Mourão.

Matéria completa aqui.

 

Enfim, se vamos ou não ter cruzeiros para Fernando de Noronha nesta temporada, só esperando as autoridades e comerciantes se resolverem.

Mas observe que o navio só passa 1 dia e meio em Noronha, justamente pelo impacto ambiental. Nesse tempo dá para fazer o basicão, mas se quiser explorar um pouco mais a ilha, recomendo ir de avião e ficar mais dias.

Smiley indeciso Quando ir a Noronha?

Sim, é Fernando de Noronha

Noronha está linda em algumas épocas do ano, já em outras está um verdadeiro maremoto. E com mar revolto, ondas gigantes (e você não é surfista), Noronha pode ser revelar um verdadeiro pesadelo.
Relâmpago As épocas de mar pesado e revolto vão de outubro à fevereiro, especialmente em dezembro e janeiro. Para ter uma ideia de como fica o mar, veja este vídeo, feito em Janeiro. Gente, isso NÃO quer dizer que o mar estará ruim todos os dias, mas que as chances são bem maiores.
Pelo sim, pelo não, melhor evitar essas épocas, ne não? Eu aprendi a lição.

Dinheiro Serviços

Lembram daquela propaganda do finado Banco Real, que dizia que era o único banco com agência em Fernando de Noronha? Pois é, se reiou. Não é mais. Mas acreditam que eu cheguei até a abrir uma conta no Banco Real para quando visitasse Noronha??? Pois fiz. Smiley mostrando a língua

A boa notícia é que temos outros bancos em Noronha e você não precisará mais se preocupar em abrir sua conta no Banco Real. Mas se quiser mesmo assim, boa sorte.
Para os que não querem, aqui estão as opções.

  • BANCO 24 HORAS – BRADESCO- AEROPORTO
    Visa – Visa Eletron – American Express – Maestro – Mastercard – Plus – Cirurus
  • BANCO 24 HORAS – BRADESCO- PROJETO TAMAR
    Visa – Visa Eletron – American Express – Maestro – Mastercard – Plus – Cirurus
  • BANCO SANTANDER
    Funciona atendimento ao público – 08h00 às 13h00
  • Banco 24 horas – bancos conveniados
  • Casa Lotérica – atende Caixa Econômica das 08h00 às 20h00
  • Caixa Econômica – Supermercado Noronhão 08h00 às 17h00
  • Banco Bradesco – Padaria Noronha – Caixa para saques
  • Banco do Brasil – Banco Express Correios 08h30 às 15h00

Os cartões de crédito MasterCard, Visar e Diners também são aceitos em muitos pontos da ilha.

ComputadorTelefone celular Conectividade

E para aqueles que viajam mas não conseguem sair do WhatsApp, Instagram, Facebook (então pra que viajar? Smiley confuso), saibam que Noronha possui uma rede wi-fi livre para todos os visitantes. O nome da rede é Noronha e a senha Digital. Mas chegando lá todos passam essa informação. Só não vale fazer os passeios pelo Youtube, né?

Então é isso, meus amigos. Peguem a sua Câmera digital à prova d’água, seu filtro Sol – extremamente importante –, seu Guarda-chuva e um par de sandálias confortável e vá relaxar em Noronha, pois você merece este paraíso.


É isso amigos, até a próxima viagem.

Abs.

R.M.

In God we trust!

Post escrito ao som de Jack Johnson, Chimarruts e Papas da Língua, acompanhada de uma boa garrafa d’água.

2 comentários sobre “Fernando de Noronha–Patrimônio da Humanidade

  1. Ah!!! Que lindas fotos!! Deu vontade de ir para Noronha.

    Já estou ficando com raiva dos ambientalistas. rssss…Brincadeira! Tem que preservar mesmo, mas temos que encontrar uma solução para explorar, sem agredir o meio, essas maravilhas.
    Parabéns pelo post!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s