Pretende fazer compras no exterior? Melhor se apressar. Novas regras em 2015

Olá viajantes, saudações

Pois é, vc não leu errado. Mais uma vez a suada classe média trabalhadora, que junta seu dinheiro meses a fio para realizar a tão sonhada viagem a Disney, Europa, para qualquer lugar no exterior, que aroveita para fazer as suas comprinhas – um alento aos altíssimos impostos que pagamos nesta terra tupiniquim – é apunhalada, esmagada, dilacerada por esta fome de impostos que tem este país.

Não bastasse a ínfima quota de US$ 500,00 nunca ter subido desde que foi inventada (ao contrário das regras da econômia), baixaram a terrestre de US$ 300,00 para US$ 150,00. Gente, sinceramente: não se compra nem 1 calça com 150 dólares (brincadeira, compra sim. Duas). US$ 300,00 já é pouco e na contra-mão de tudo alguém tem a iluminação de arrecadar mais, em cima de quem??? classe média, lógico, e baixar para US$ 150,00.

Como se isso tudo já não fosse ruim o suficiente, agora a Receita anuncia novas regras para 2015 onde – pasmem caros leitores – até as suas informações de bagagem (quanto vc foi, quanto vc voltou), informações biométricas, assento que vc ficou no avião, dentre outras, serão analisadas e automaticamente, em se enquadrando no sistema da Receita, você já será parado.

A desculpa é proteger o mercado interno. Quer aquecer o mercado interno? Baixem os impostos!!! Estimulem o consumo!!! Porque se os brasileiros compram no exterior não é por consumismo, mas sim, aliviando um pouco essa mordida absurda que nos é dada todos os dias, meses a fio.

Eu falo por mim que quando viajo não trago nada para revender; é tudo para meu uso. Mas mesmo às pessoas que trazem (e não vamos ser hipócritas, existem essas pessoas), não irão quebrar um país trazendo 2 videogames e 4 maquiagens para revender.

É abusurdo essa política de controlar o viajante brasileiro. Primeiro aumentando o IOF de 0,38% para 6,38%. Agora isso.

Impostos

Apoio todos os meus amigos que vão fazer os enxovais dos seus filhos em Miami. Apoio meus amigos que vão comprar seus videogames em Orlando e suas câmeras em NY. Porque é uma tapa na cara do brasileiro um videogame custar mais caro que uma passagem para o exterior.

Não estou fazendo ostrancismo a qualquer governo, mas sim a esta política de penar a classe média trabalhadora que leva este país nas costas, para alguns poucos poderem lucrar (roubar) e muito.

Minha dica: quer comprar no exterior? Corra!

Abaixo segue link para a reportagem da Folha de São Paulo que fala sobre as novas regras.

http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2014/09/1521922-receita-vai-apertar-o-cerco-nos-aeroportos-a-partir-de-2015.shtml

Abs

R.M.

In God we trust!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s