Ingressos Disney e Universal – Tipos? Onde Comprar? Como funcionam?

Olá viajantes! Saudações!!!

Hoje vou falar (escrever) sobre um assunto que gera muitas dúvidas a muitas pessoas que estão indo à Orlando pela primeira vez (segunda, terceira também. A partir da quarta, acho que não mais) que é as entradas dos parques.

imageimage

 

Eu confesso que antes de ir eu li muito, vi muitos vídeos, reli e mesmo assim ainda fiquei confuso. Então eu sei como você está se sentindo. Via de regra só fica claro mesmo depois que a gente compra, usa e volta. Mas vou tentar explicar da maneira que eu entendi e se ficar alguma dúvida, por favor, fique à vontade para perguntar.

Primeiro vou partir do princípio que você já leu em post anterior onde expliquei que Orlando não é Disney (embora para mim ainda seja) e entende a diferença entre Disney, Universal, Sea World, Busch Gardens… Não? Rssss Ok. Então deixe-me explicar com outras palavras, pois é fundamental você saber disso para passarmos para os ingressos. Mas se você já sabe, pode pular esta parte. No hard feelings. Smiley piscando

imageOrlando, Lake Buena Vista, Kissimmee… Afinal, o que são esses nomes?

Você sabia que os parques do complexo Disney não estão em Orlando? Smiley surpreso Pois é. Não estão.
Eles estão em uma cidade chamada Lake Buena Vista. O Magic Kingdom (Disney, para muitos) está mais precisamente neste endereço 1180 Seven Seas Dr, Lake Buena Vista, FL 32830, Estados Unidos. Já o Downtown Disney está em Orlando, E Buena Vista Dr, Orlando, FL 32830, Estados Unidos.
Só que as cidades são tão coladas que você nem percebe quando entra em uma e entra na outra.

 

“Tá, e o que isso muda na minha vida?” Absolutamente nada. Esta foi uma estratégia da empresa para comprar terrenos em locais mais baratos, lá nos idos de 1960 somente.
É bem provável que você esteja hospedado em Orlando e atravesse essas cidades sem perceber.

E Kissimmee é a mesma coisa. Cidade muito próxima, praticamente no meio das duas (Orlando e Lake Buena Vista), com uma ampla rede hoteleira e com diárias mais baratas que em Orlando. Sim, verdade. E olha só outra vantagem: está mais perto dos parques Disney!!! Já em Orlando estão os parques da Universal.

“E por que esta informação é importante?” Porque baseado na seu tipo de viagem e nos parques que você quer visitar você pode selecionar melhor a sua hospedagem. Smiley piscando

Disney, Universal, Sea World, qual a diferença entre eles?

Se você é leitor deste blog há algum tempo vai lembrar que tenho um pequeno problema de desvio de déficit de atenção – DDA – então você vai perceber que começo a escrever sobre um assunto, lembro de outro, daí vou emendando e esqueço do início. Então vamos lá. Voltando ao principal. rsssss Qual a diferença entre estes complexos.

Agora que já entendemos que Orlando não é Disney e Disney não é Orlando, vamos às diferenças entre os complexos: são empresas diferentes, com donos diferentes e propostas temáticas diferentes.

A Disney em Orlando tem 4 parques temáticos (Magic Kingdom, Epcot Center, Disney’s Hollywood Studios (antigo MGM) e Animal Kingdom), 02 parques aquáticos (Disney’s Blizzard Beach  e Disney’s Typhoon Lagoon), uma área de entretenimento noturno (Downtown Disney) e inúmeros hotéis.  Vamos focar só nos parques, ok?

Já a Universal tem dois parques temáticos (Universal Studios e Islands of Adventure), uma área de entretenimento noturno (Universal Citywalk) além dos hotéis. Mais uma vez, vamos ficar só com os parques.

O SeaWorld tem o próprio parque, mais voltado para shows com grandes animais, o Discovery Chove o o parque aquático Aquática.

Então dessa maneira conseguimos separar os parques e ver a qual grupo cada um pertence e já dá para visualizar que eu não posso ir no guichê da Disney para comprar um ingresso para o Universal Studios. Ou o contrário: ir à bilheteria da Universal comprar ingresso para o Epcot Center.

Desfeito este emaranhamento, vamos falar um pouco sobre os tipos dos ingressos. Sim, os ingressos tem categorias.

 Tipos de Ingressos para o Complexo Disney

A primeira coisa que estranhei quando fui comprar meus ingressos é que, a exceção do ingresso para o Magic Kingdom, não é possível comprar ingresso para um parque específico. “Hã? Como assim? Não entendi! Smiley confuso“ É, eu também fiz essa mesma cara quando comecei a pesquisar sobre isso, sem entender nada. Mas é isso mesmo. A exceção do ingresso para o Magic Kingdom, não é possível compra ingressos individuais, para o Epcot, por exemplo, ou para o Animal Kingdom.
“Então como faz? É tudo ou nada? Tenho que comprar ingresso para TODOS os parques!!!???” Absolutamente… não.

A Disney, a exceção do ingresso para o Magic Kingdom, vende dias de parques e não o parque em si. Ainda não entendeu, né? É assim: a Disney te vende 1, 2, 3…365 dias de entradas nos parques do seu complexo.
Ou seja, você pode comprar o ingresso de 1 dia, escolher o parque que quiser, entrar, se divertir a vontade durante todo aquele dia. E é isso. O que você compra, segundo eles mesmos, é a experiência Disney. É viver aquele(s) dia(s) da maneira que achar melhor. “E qual a vantagem disso?” A vantagem não ficar com a programação engessada. Se fosse de outra maneira, compraríamos um ingresso para cada parque, mas se não deu certo ir ou não quer ir em determinado parque, não pode ir em outro (ou repetir um que gostou) porque o ingresso só vale para àquele parque. Eu achei esta opção de dias, uma grande sacada da Disney.

”E como funciona esses ingressos por dia? Quanto custa? Pode repetir parques? E entrar e sair, pode?”

Na Disney quanto mais dias você compra, mais barato fica. Sério. É assim. Hoje o ingresso de 01 dia está custando US$ 94,00. Já o ingresso de 04 dias está custando US$ 294,00 OU US$ 73,50 por dia. O de 10 dias está custando US$ 354,00 ou US$ 35,40 por dia. Já o passe anual está US$ 634,00 ou US$ 1,73 por dia (se você quiser passar todos os dias durante 01 ano frequentando a Disney).

Vale salientar que dentro do número de dias que foi comprado, pode-se usar da maneira que quiser. Repetir parque, ir em um em cada dia, etc. Mas atenção: lembre-se que seu ingresso é por dia. Então você só pode usar aquela quantidade de dias. Exemplo: comprei um ingresso de 04 dias. Posso ir todos os 04 dias no Magic Kingdom? Pode! Posso ir 02 dias no Epcot, 01 no Magic Kingdom e 01 no Animal Kingdom? Pode! Posso ir cada dia em um parque diferente? Pode. Posso ir 04 dias no Magic Kingdom, 04 no Animal Kingdom e 01 no Epcot? Aí não. Porque estoura o número de dias adquirido, no caso 04.

“Outra dúvida que tenho é se posso entrar e sair do parque no mesmo dia. Posso?”
Vamos imaginar o cenário: você tem seus 20 anos. Está indo para a Disney com seu irmão mais novo. Em determinado momento ele cansou e você precisa deixá-lo no hotel, mas ainda quer andar nas atrações. O que fazer? Chorar? Não! Saia do parque, deixe seu irmão e volte para terminar a noite no parque, que vale muito a pena. “Pode?” Lógico! Desde que seja para o mesmo parque, pode sim. E nem paga estacionamento novamente (partindo do princípio que você pagou de manhã, basta apresentar o tíquete).

“E se eu quiser entrar em OUTRO parque no mesmo dia? Pode?”
Aí vai depender. Mas já, já respondo esta dúvida. Vamos por partes, para não causar confusão.

“Os ingressos da Disney tem prazo de validade, ou tempo de uso? Posso comprar hoje e usar ano que vem?”
Esse foi um dos assuntos que me deu mais dúvidas. Medo, até. Porque se eu comprar os ingressos hoje, mas a viagem é só daqui a 60 dias, vou perder os tíquetes? Mas eu queria comprar com antecedência para agendar os FastPass (assunto para outro post). Não vou poder?
É assim. Você pode comprar os ingressos com antecedência. Algumas agências de turismo vendem os tíquetes, outras vendem os vouchers e você troca na bilheteria da Disney, mas em regra a validade dos tíquetes é de 14 dias e começa a contar a partir do primeiro dia de uso.
Ok, entendi que você não entendeu. Mas vamos entender agora.

Vamos supor que você comprou um ingresso para 04 dias Disney. Você chegou na bilheteria, todo feliz, passou seu cartão e entrou no primeiro parque. Vamos supor que este dia foi um 01 de março. Então no dia 01 de março você usou seu tíquete no Magic Kingdom e curtiu um dia verdadeiramente mágico!!!
No dia 02 de março você foi ao Epcot (o parque da bola) e gastou o seu segundo dia dos 04 dias que você comprou. Gostou muito, mas foi uma caminhada danada no pavilhão das nações e você cansou muito e quer descansar antes de usar os outros 02 dias que você tem direito. “E agora? Como faz? Se eu não for vou perder um dia? Se não for os outros dois, perco meus ingressos?” Calma, não se desespere. Lembra que falei que em regra seus ingressos valem 14 dias a partir do primeiro dia de uso? Então, você usou 02 dias, certo? Certo! Então você ainda tem mais 12 dias de prazo para utilizar os outros 02 dias que você tem direito. Colocando em datas, você terá até o dia 14 de março para utilizar seus outros dois dias restantes.
Então você pode descansar, fazer compras, ir para um parque aquático, ir para outro parque como Universal (não com este tíquete, naturalmente), ficar de bobeira no hotel, fazer o que quiser e no outro dia seguir para o parque. Em outras palavras, os dias do ingresso não precisam ser utilizados em sequência, porém não pode, em regra, ser utilizado após 14 dias do dia do primeiro uso, não é da compra, é do USO!

”Isso quer dizer que comprei 04 dias, mas tenho 14 dias?”
Ahhhhh se fosse… seria bom demais. Não amigo. Você comprou 04 dias, você tem 04 dias para usar da maneira que quiser, dentro de uma janela de 14 dias após a primeira entrada. Se você entrou dia 01 de março no Magic Kingdom e quer entrar dia 10, 11 e 12 de março nos outros parques, pode. Mas já se entrou no dia 01 de março no Magic Kingdom e quer entrar dias 08, 10 e 16 de março nos outros parque, aí se prepare para chorar, pois o dia 16 de março você vai perder. Sim, porque estourou o prazo de 14 dias que você tinha para utilizar o ingresso.

“E quanto a entrar em dois ou mais parques da Disney no mesmo dia, pode?”

image

Agora que entendemos como funciona os ingressos, vamos falar sobre esta possibilidade.
Eu digo logo que sim, pode. Mas recomendo? Depende.

Entenda que os parques são muito grandes e a depender da época do ano, com filas que ultrapassam 1, 2 horas de espera.
Então é praticamente impossível você conhecer um parque em 01 dia, quer logo conhecer dois???
Ok, não foi a minha opinião que você pediu, você perguntou se pode, e sim, pode.
Vou explicar como.
A Disney vende esta opção de ingresso e a chama de Park Hopper. Algo como “saltar entre parques”.
Na ocasião da compra só seu ingresso, será oferecido esta opção

O Base Ticket Only é o tíquete que viemos falando até agora. Você pode entrar e sair quantas vezes quiser no mesmo parque, no mesmo dia, sem pagar ou gastar seus dias. A opção “Park Hopper Option” de cara já vemos que se trata de um opcional e nada barato: + US$ 60,00 adicionais ao valor do seu tíquete. Sim, isso mesmo. É o valor do seu tíquete + 60 doletas para ficar brincando de gafanhoto entre parques.
Brincadeiras a parte, se vale ou não a pena, esta é uma resposta que só você vai saber responder. Se você tem somente 3 dias em Orlando, e quer conhecer todos ou a maioria dos parques da Disney, paciência, é o jeito. Mas se você tem 16 dias… Precisa?

image

Enfim, resumindo: com o “Base Ticket” você entra em um parque por dia e pode sair e voltar para o mesmo parque.
Com o “Park Hopper” você entra em quantos parques quiser, no mesmo dia. Pode sair do Magic Kingdom e entrar no Epcot, etc.
Importante frisar que isto não altera o número de dias e o prazo de validade. Se comprou 04 dias, continuam os 04 dias. A única diferença é poder “saltar” entre os parques.

“Entendi tudo o que você explicou. Mas como sou brasileiro esperto, vou comprar um tíquete de 04 dias, vou usar dois e vou emprestar o ingresso para meu amigo/irmão/cunhado usar os outros dois enquanto vou as compras, hehehehehe”

Sério que tu quer fazer isso? Olha, até que não seria uma má ideia, exceto que os ingressos são pessoais e intransferíveis e… eles cadastram sua digital. Sim, no primeiro dia seu ingresso é associado à sua digital, de sorte que é você ou você a utilizar o ingresso. Só lamento…

Bem amigos vou terminando este post, espero que tenha servido para dar uma clareada.
Ainda vou falar sobre os dos outros complexos, mas o princípio é o mesmo. Inclusive as digitais. rssss

Dúvidas, é só escrever aqui embaixo Alegre

Abs e até a próxima

R.M.

In God we trust!

Post escrito ao som de Belchior, com uma boa caneca de café.

9 comentários sobre “Ingressos Disney e Universal – Tipos? Onde Comprar? Como funcionam?

  1. Romulo, comprei 6 vouchers da Universal e da Disney pelo DECOLAR.COM, mas todos saíram no meu nome, isso causa algum problema?? pois viajarei em 6 pessoas

    • Ola Julia, obrigado pelo comment.

      Nao tem problema desde que vc esteja presente no dia de trocar os vouchers pelos ingressos. As vezes eles pedem o cartao de credito utilizado na compra pelo Decolar, entao eh bom levar, mesmo que nao pretenda utiliza-lo, alem do passaporte original. Eles nao aceitam RG ou Carteira de Motorista.

      Ja que esta com os vouchers em maos, sugiro baixar o App My Disney Experience e comecar a cadastrar os fast pass e as refeicoes com os personagens, se for o caso.

      Boa viagem!

      R.M.

      In God we trust!

  2. Boa noite Rômulo, entendi que após primeiro dia de uso tenho 14 dias pra usar ok!!! mas quanto tempo tenho entre a compra e início de uso no caso de compra com antecedência?? Compra na bilheteria do parque com dólar vale a pena ou a fila é muito grande?? Abraço!!

    • Olá Weruska, desculpe a demora.

      Então, em regra, após a compra você tem até o final do ano para usar o ingresso. Ou seja, se você vai viajar em janeiro e quer comprar em dezembro, verifique se o ingresso valerá para o ano seguinte. Eu digo “em regra” pois varia de parque para parque e vale a pena ler as letras miúdas.

      Obrigado pelo comment.

      R.M.

      In God we trust!

    • Completando a resposta, para os parques da Disney (comprando no site oficial ou Decolar.com ou de agências) nós recebemos os vouchers e não os ingressos em si então de qualquer forma temos que ir no guiche trocar os voucher por ingressos. QUando eu fui em agosto as filas estavam entre 10 e 15 minutos. Sobre comprar em dólar… com essa incerteza na cotação eu realmente não sei o que dizer.
      Obrigado pelo comment, desculpe a demora.
      R.M.
      In God we trust!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s